Acerca de mim

campo maior, alentejo, Portugal
sou viúvo,tenho 4 filhos e 7 netos,nasci povo e sou povo Amo a vida,a verdade,as pessõas,a justiça,a liberdade, amo os meus e os outros. Odeio,a fome,a mentira,a exploração,a ignorância,a estupidez,a maldade, a mendicidade,a prostituição, as ditaduras, e os ditadores, a guerra.

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

FAZEM TUDO PARA QUE A SAÚDE NÃO VÁ AO MÉDICO.

Este ano tem sido um mau ano para todos os que vivem do seu trabalho,ou que recebem por direito próprio as suas modestas reformas,no que toca à saúde no nosso concelho, é na verdade um ataque sem precedentes e  contrariamente ao que se sabe e se passa noutros concelhos, estamos quietos e calados não fazemos ondas e aceitamos como natural estes malefícios que nos estão fazendo,o que constatação com outros concelhos,que povo e autarquias unido, lutam de todas as formas e com todas as forças,contra o serviço nacional de saúde,conquista de Abril,que o PS/PSD e CDS+ a troika querem destruir. Que grande diferencia existe entre nós concelho e o concelho de Avis, podemos dizer que o concelho de Avis neste campo,é uma lição que  devia servi-nos a todos como um exemplo a seguir.
FAZEM TUDO PARA QUE A SAÚDE NÃO VÁ AO MÉDICO,se não vejamos.
Tiraram-nos o transportes e ficámos calados,reduziram-nos mais uma vês o horário de atendimento no Centro de Saúde,encerraram a extensão de Ouguela e agora e através do Ministro da saúde no programa da TV.Prós e Contras que mais uma vez que nos vão aumentar as taxas moderadoras em mais de 100% se já eram injustas de agora em diante o acesso à saúde em muitos casos está como se costuma dizer quem quer saúde vai ter que a pagar.
É sempre bom e oportuno lembrar o que diz a Constituição da República Portuguesa,no seu artigo 64º,diz no seu primeiro ponto
«Todos têm direito à protecção da saúde e o dever de a defender e promover»

Sem comentários:

Enviar um comentário